Identidade visual: saiba como criar a sua e confira dicas exclusivas - Mangu Brand
 
 

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

 

Assunto bem relevante e que tem sido muito comentado aqui em nosso blog é sobre a identidade visual das empresas. Que nada mais é do que a combinação de elementos que refletem a mensagem da qual sua empresa deseja passar para o mercado, qual seu propósito, sua visão… e isto é transferido para o público com o uso de elementos como nome, cores, tipografias, formatos, enfim, existem diversas formas de criar e potencializar uma identidade visual bem posicionada. 

É importante destacar que podem existir no mercado produtos e serviços semelhantes ao de sua empresa, mas o que vai diferir um do outro não é somente o que cada um oferece ao comprador, mas também como oferecem isso ao comprador. A essência é simples e sem muitas complicações, mas requer um bom planejamento e entendimento de seu público alvo. 

Pensando nisto, na pauta de hoje vamos te explicar qual o passo a passo para que se crie uma identidade visual de peso e compartilharemos dicas exclusivas daquilo que acreditamos e exercemos com nossos parceiros. Vamos acompanhar? 

 

 

O que é identidade visual? 

 

É muito comum que a identidade visual seja confundida com o logotipo da empresa. Então para te ajudar a entender este conceito, vamos aos fatos: 

O logotipo de uma empresa é o seu símbolo, como por exemplo a escrita da loja de departamentos exemplificada a seguir: 

Note que existe um tipo de letreiro, cor, slogan… isso é o que chamamos de logotipo. 

Para entender o que é uma identidade visual é muito simples, basta você imaginar em como a Magazine Luiza se expõe para o mercado: materiais gráficos e digitais como o site, a embalagem que chega na casa do cliente, os anúncios, o e-mail marketing, os vídeos da Lu etc.. tudo que tem recurso VISUAL com a estética da marca, e assim por diante. 

A identidade visual é a essência da marca mostrada para o mundo em forma de elementos visuais que refletem sua marca. 

É como se você visse uma pintura em uma exposição e imaginasse… ‘estou vendo uma casa única na beira do rio e ela representa que há algo solitário como mensagem subliminar, afinal, é uma casa vazia, na beira de um rio vazia… por mais que haja natureza, de alguma forma, não há vida.’  

Na teoria, identidade visual é algo simples de explicar, mas por se tratar de um assunto tão importante e que coloque a exposição de sua empresa em jogo, é importante que fique claro que trata-se de um assunto que requer atenção, planejamento e profissionais qualificados e engajados para fazer com que sua empresa seja reconhecida pelo mundo e, principalmente, pelo seu público alvo. 

Falando em público alvo, um passo que é dado antes do planejamento da estratégia dos elementos visuais, é a escolha e segmentação de público. Isso se deve ao fato de que para se posicionar e efetivamente vender algo, é preciso saber para quem vender e onde vender 

Uma etapa sem a outra não existe e nem tem fundamento. É de fato um planejamento, estruturado etapa por etapa para o fim justificar os meios, de maneira geral. 

 

 

Qual a importância da identidade visual e quais são seus benefícios? 

 

Com a parte da teoria explicada, fica fácil de falarmos sobre a importância da identidade visual, uma vez que deixamos claro que ela mapeia a essência da empresa e a expõe para o mundo. Esta frase já é de grande valia e traz um entendimento a fundo sobre o porquê é importante a empresa investir neste serviço, certo? 

Partindo disto, é correto afirmar que: 

  • Uma identidade visual bem desenvolvida é capaz de fazer com que sua empresa se relacione de maneira genuína e intimista com seu cliente, fazendo com que ele não só usufrua do que sua empresa tem a oferecer, como também uma boa identidade visual encanta o cliente e mostra o profissionalismo da empresa, tornando-o o maior portador de boas referências sobre o seu produto ou serviço. 
  • O uso das imagens e cores específicas para o seu nicho de negócio pode fazer com que sua empresa desperte sentimentos no cliente de forma inconsciente. Como o McDonald’s usa as cores a seu favor, escolhendo tons que remetem a fome ou a algo que se come rapidamente trazendo o seu consumidor para o nicho de negócios dele que é o fast food. 
  • A identidade visual une elementos que fazem com que a missão de sua empresa transpareça e seja reconhecida em qualquer lugar, como por exemplo, novamente, o Mc Donald e seu grande M amarelo com fundo vermelho, ícone inconfundível do restaurante.  

Já se formos falar sobre benefícios, podemos citar, e com 100% de certeza, que o grande benefício de uma identidade visual é alcançar o público desejado de forma que ele se identifique com o posicionamento de sua marca. 

Sem contar na questão da exposição da marca no mercado, isso ajuda na busca pelo público ideal, mas também, colabora para que sua marca se destaque e atinja outros patamares na internet, por exemplo. 

 

O que preciso para criar a identidade visual da minha empresa? 

 

Conforme prometido, vamos às dicas exclusivas para que sua empresa saiba por onde começar para ter uma identidade visual de sucesso! Acompanhe: 

Em primeiro lugar, informamos que o processo de criação de uma identidade visual precisa ser documentado etapa por etapa, para que as informações de construção sejam preservadas. Além disso, sua empresa estará criando um padrão de comunicação e exposição para sua empresa, sendo assim, é de suma importância que cada informação esteja contida no planejamento para que no final do projeto, crie-se um manual do uso da identidade visual, ou também chamado de: manual da marca. 

O manual da marca será o guia para quem for cuidar do marketing de sua empresa, pois através dele, o profissional saberá como sua empresa deverá ser exposta ao mercado, que cor ela tem, que formato, etc… este manual é uma espécie de guia para tomadas de decisão relacionadas a comunicação de sua empresa. 

Falando em manual, vale ressaltar que antes mesmo de o manual estar pronto, o processo será planejado e documentado por meio de um briefings, onde ideias serão discutidas, público alvo será estudado, produto/serviço terá seu tom de comunicação, entre diversos outros aspectos que serão arquitetados ao longo do processo que ajudarão na criação da identidade de sua empresa. Vamos aos tópicos: 

1. O briefing ajudará a pensar em estratégias e será o momento em que você encontrará todas as respostas para as perguntas que definem o conceito por trás do seu empreendimento.  

2. A próxima etapa será a do brainstorming que reunirá ideias e projeções do que sua marca pode ou não fazer. Traduzindo o termo fica mais fácil de entender sua proposta: tempestade de ideias. 

3. Partindo disto já podemos seguir para a criação da brand persona, que seria a voz da sua marca. Como ela se comunica com o cliente, se é anônima ou se foi criado uma imagem como o do Ronald Mc Donald. Nesta etapa que a brand persona será projetada.  

4. Agora a criação vai ficando um pouco mais interessante, serão escolhidas as fontes, cores e elementos gráficos que ajudarão a sua empresa a ser reconhecida pelo público. Como por exemplo, o letreiro da rede de bolos Sodiê. Onde quer que esteja escrito, se for a fonte e a cor escolhida pela marca, o cliente já reconhece… veja abaixo na imagem exemplo: 

Note que existe uma fonte específica acompanhado da cor marrom. A Sodiê, por sua vez, já colocou em diversos locais, tapumes para indicar que ali surgiria algo novo… e então não colocou a marca, somente escreveu em uma placa: “Vem novidade por aí”, mas para afirmarem sua identidade visual, eles usaram a mesma fonte e colocaram a escrita em marrom. Logo, seus clientes já entenderam a ideia e descobriram: “Puxa, estão construindo uma nova Sodiê!”. E este é um case de sucesso singelo, mas existente de uma identidade visual bem aplicada. 

5. Ainda falando sobre as cores, vamos nos aprofundar um pouco mais, saindo do tópico acima, pois a escolha das cores é uma etapa imprescindível na busca da identidade perfeita. 

Cada cor representa um estado e sentimento diferente. Tudo dependerá do que sua empresa deseja passar, veja nos exemplos abaixo:  

  • Vermelho e laranja: nos traz paixão, calor, intensidade. 
  • Amarelo e verde: remete a luz, energia, cautela, esperança, natureza e foco. 
  • Azul: representa excelência, seriedade, segurança e estabilidade. 

A escolha da cor, tanto da sua marca, quanto da identidade visual, falará muito sobre sua empresa e seu propósito. Conte com profissionais que possam te explicar e dar a devida atenção a esta etapa que é tão importante quanto qualquer outra, ou ainda, está entre as mais importantes. 

 

 

6. Agora podemos falar sobre formato… temos o público alvo, temos uma discussão de ideias, cores definidas mas e o formato? Será quadrado, redondo?  

Segundo o blog do Neil Patel, as linhas que darão vida ao rosto da sua marca podem formar combinações que passam impressões muito distintas ao cliente. 

E de fato isto acontece e poderá até compor uma possível postagem nas redes sociais, por exemplo. O departamento responsável, no ato de fazer uma publicação, precisa ficar atento se a imagem será composta por alguma forma geométrica específica, se o logo ficará na direita ou esquerda… e acredite, todos estes detalhes são extremamente importantes, ainda mais se nos aprofundarmos na neurociência das coisas. Veja exemplo conforme abaixo: 


Veja que no exemplo existe um padrão de comunicação: sempre um quadrado ao meio (elemento geométrico) e o ID do Instagram da companhia sempre centralizado. Não existe logo, mas existe a menção do Instagra
m e as cores da identidade visual. E neste caso, vai da intenção de cada empresa o que será exposto. A ideia de inserir o ID pode ajudar no fortalecimento do endereço virtual deles na mente do seguidor, entre outras coisas mais… 

São realmente diversos assuntos e todos muito relevantes ao falarmos sobre identidade visual. E o bacana de tudo isso é que uma área conversa com a outra (marketing, design, criação, publicidade e propaganda, neuromarketing etc.) e todas somam em um único objetivo, sua empresa, sua marca e sua identidade visual. 

 

Conclusão 

 

Até este ponto você já tem informações cruciais tanto de teoria, quanto de ação referente a construção de sua identidade visual.  

É correto afirmar que uma identidade visual associada a elementos de comunicação que a posicionem e estabeleçam um tipo de comunicação com seus clientes, só iria somar para a exposição da marca no mercado. Como por exemplo, ter uma presença digital, nas redes sociais e no site, saber se comunicar de forma clara e intuitiva, manter-se posicionado frente a debates e situações adversas 

 

 

Todas as comunicações unidas e trabalhando juntamente podem (e irão!) trazer um retorno de sucesso significativo para sua empresa. Mas claro, com uma identidade visual bem planejada e executada.  

Para finalizar, no meio da pauta colocamos indicações de leituras do nosso blog que têm total ligação com o que discutimos aqui e, te convidamos a abrir o link em uma nova guia e aprender, cada vez mais, como você pode promover e alavancar o sucesso do seu empreendimento.  

 

 

Caso tenha ficado alguma dúvida, estamos à disposição para ajudar. Conte conosco e agradecemos ter lido até aqui! Até a próxima. 

 

 

Compartilhe:
Branding Design Inovação Mercado
Foto perfil Bruna Marques Escrito por Bruna Marques
24/06/2020
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

 

 

CONSULTORIA GRATUITA

Vamos definir juntos a melhor estratégia para o seu negócio. Agende um horário para falar com um de nossos especialistas!

Mangu Brand – Design de Identidade © Todos os direitos reservados.