Qual o melhor tipo de conteúdo para postar nas redes sociais mais utilizadas em 2020? - Mangu Brand
 
 

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

 

Dentro do universo digital, sabemos que a audiência só consome conteúdo se o mesmo tiver, realmente, qualidade e um formato adequado para que ele possa compreender o que foi apresentado. Mas na realidade, saber o que postar nas redes sociais e como postar acaba tornando-se uma incógnita, uma vez que ainda existem pessoas que acham que qualquer conteúdo serve para qualquer tipo de rede social. E neste caso, passa de incógnita a um problema.

Na prática não funciona muito bem desta forma… é importante que as empresas tenham plena consciência de que, conforme dito acima, o seguidor só vai consumir algo que for somar a ele. E para tanto, a mensagem precisa estar na rede social certa e exposta de maneira que a comunicação seja certeira. Do contrário, comunicar qualquer tipo de mensagem trará problemas no sentido de que a empresa não será reconhecida digitalmente e ainda pode ser prejudicada pela estratégia de conteúdo mal elaborada.

Pensando nessas nuances das redes sociais e como contribuir positivamente para a estratégia de marketing e comunicação das empresas, na pauta de hoje abordaremos quais tipos de conteúdo são assertivos em cada rede social (Facebook, Instagram, LinkedIn, etc.) e como direcioná-lo de acordo com sua estratégia e cultura empresarial.

 

Facebook

 

É muito comum que ‘criar uma página no Facebook’ seja uma das primeiras estratégias que as empresas tomam no quesito rede social… a grande sacada é que não basta criar a página, preencher as informações e ficar respondendo comentários sobre dúvidas relacionadas à empresa. O Facebook, assim como qualquer outra rede social, requer um planejamento prévio sobre o que comunicar e como se portar nesta plataforma.

É importante destacar que dentro do planejamento estratégico sobre o que comunicar no Facebook, é preciso buscar formas de interação dos quais o público está habituado nesta rede, assim, a empresa poderá seguir este caminho e ser assertivo quanto à sua comunicação com seu seguidor.

Atualmente o Facebook conta com mais de 2,3 bilhões de usuários em pouco mais de 15 anos de vida, ou seja, grande parte dos usuários ingressantes das redes sociais, iniciaram suas contas digitais através do Facebook. Isso quer dizer que, temos muito mais redes sociais sendo utilizadas nos dias de hoje, mas nenhuma delas tem tantos usuários como o Facebook, logo, ela foi uma das plataformas digitais que mais cresceu e se tornou foco de comunicações empresariais (lojas, empresas, etc.) e publicações/interações de seus seguidores.

Sendo assim, por se tratar de uma rede social voltada mais para a interação social, vale valorizar os assuntos que gerem engajamento entre as pessoas. Alguns destaques são aqueles tipos de conteúdo que podem estimular os usuários a comentar nas publicações, compartilhar com outras pessoas etc. Portanto, publique conteúdos de interesse de seu público-alvo, notícias do mundo e das atualidades, entretenimento, mas, evite assuntos polêmicos!

Use o Facebook para disseminação de informações sobre sua empresa, como atua, quais serviços oferece, assuntos que crie, de forma leve, uma admiração do seguidor pela sua empresa. Atribua notícias que façam sentido com seu nicho de trabalho, lance promoções com conteúdo engajador que permita o usuário a marcar outras pessoas, compartilhar, entre outras ações.

Deixe para o Facebook ações mais leves e compartilhamento de informações de sua empresa, isso também ajudará na inserção de sua marca no mercado e auxiliará na exposição de sua identidade visual.

Dicas de conteúdo: links, infográficos, informações sobre a empresa e serviços prestados (fotos, vídeos), compartilhamento do site.

 

Instagram

 

O Instagram tem uma nítida interface diferente, enquanto que o Facebook lhe permite publicar links, postar ‘no que está pensando’, entre outras funcionalidades, o Instagram é uma rede social mais visual, veio com uma proposta de compartilhamento apenas de fotos… depois de stories, vídeos… e vem se atualizando pouco a pouco.

Mas seu objetivo é totalmente diferente e isto é bem claro para quem o usa. Atualmente, ele é o queridinho dos influenciadores digitais, onde no Facebook, por exemplo, esta estratégia não pegou…

Utilize o Instagram para apresentar eventos dos quais sua empresa participa, ações das quais apoia, premiações, festas e confraternizações das quais organiza ou participa. Sua empresa também poderá postar sobre os serviços oferecem, mas de uma maneira diferente: poste stories dos serviços sendo prestados, ou como funcionam as vendas online, se for o caso… nesta rede social o agora e o real são os mais glorificados. Bem como, conforme foi citado, propagandas com influenciadores digitais, que está em alta.

Outro ponto importante do Instagram é que ele, mais que o Facebook, usufrui de algoritmos que são somados através de hashtags, ações como denúncia, a famosa aba conhecida como ‘explorar’, onde assuntos relacionados com suas pesquisas e curtidas são somadas naquele espaço para que veja mais coisas relacionadas aos seus interesses, etc. Sendo assim, sempre utilize hashtags (#) que façam sentido para sua empresa, para que a mesma possa alcançar mais seguidores engajados e estabelecidos como público alvo.

Dicas de conteúdo: IGTV, carrossel, dicas e enquetes.

 

 

LinkedIn

 

O LinkedIn, para quem ainda não conhece, é uma rede social corporativa. O público, naturalmente, está em busca de informações relacionadas a negócio, ou compartilhamento de vagas em aberto, etc.

Assuntos que são destaque no LinkedIn são sobre tecnologia, inovações, assuntos voltados a indústrias, mercado imobiliário… todos relacionados ao mundo corporativo. Nunca use esta plataforma para propagandas ou sorteios.

Dicas de conteúdo: Oportunidades, informações sobre sua empresa ou o ramo do qual ela pertence.

 

Twitter

 

Já ouviu falar em trend topics? Pois bem, esta expressão vem do Twitter, que por sua vez, trata-se de uma rede social para compartilhamento de comentários, opiniões, etc., fazendo com que os assuntos mais comentados da atualidade, sejam relacionados pelo Twitter como trend topics.

Sabe quando sai uma fofoca sobre algum artista, ou alguma reportagem polêmica sobre políticos… e há uma grande aglomeração de comentários sobre o assunto? Isso é somado ao trend topics do Twitter, plataforma utilizada para este tipo de abordagem.

Não é comum que empresas façam parte desta plataforma, a menos que sua estratégia de comunicação esteja alinhada com o formato de publicação do Twitter. Veja abaixo um exemplo da Netflix:

 

 

O Twitter é mais focado em assuntos polêmicos e atuais, como mencionado, ou assuntos mais específicos, como postagens atreladas à links sobre notícias, novidades e reportagens. Inclusive, seus caracteres são limitados, o que diz muito sobre a plataforma: postagens diretas, sem rodeios e de informações rápidas sob buscas.

Dicas de conteúdo: Links para outras páginas, notícias, pesquisas, estatísticas, etc. Relacionamento com clientes através de comentários. Evite promoções.

 

Youtube

 

Como a maioria já sabe, o único formato permitido no Youtube são vídeos, não tem gifs, imagens, infográficos, etc. Todavia, este formato tem sido muito utilizado no momento no que diz respeito a compartilhamento de conteúdo.

Uma boa dica de alavancar a sua conta no Youtube, além de subir vídeos relevantes para a plataforma e seus usuários, é caprichar na descrição do seu canal e usufruir livremente das técnicas de SEO.

Dicas de conteúdo: Dicas, modo de trabalho, tour pela empresa, faça você mesmo, lançamento de produtos, enfim, publicá-los na sua conta do Youtube e compartilhar o conteúdo nas outras redes sociais, blog e site.

 

O que deve ser evitado em publicações nas redes sociais?

 

Assim como postar coisas demais podem irritar o seu seguidor, não ter uma frequência de posts pode fazer com que sua empresa seja esquecida. O correto é ter bom senso e sempre acompanhar as métricas de resultados.

Também é importante planejar a quantidade de postagens adequada para cada tipo de rede social, evitar utilização de hashtags irrelevantes, exposição de funcionários por meio de fotos compartilhadas, uso de um português excessivamente coloquial ou informal, e a abordagem de temas que geram polêmica, como religião, esportes, política etc. Fuja de assuntos que podem relacionar sua marca com assuntos de aspectos negativos. Em vez disso, instigue seus seguidores a participarem de discussões mais saudáveis.

Outro ponto é nunca deixar de responder seus seguidores, o Facebook, por exemplo, te avalia por tempo de resposta, é importante ficar atento a isso, mesmo que a mensagem venha de fakes ou contas pessoais, mas com mensagens sem nexo, sempre as responda de alguma maneira.

Por fim, fique atento aos horários das postagens através do uso de relatórios de métricas, todas as plataformas mencionadas nesta pauta, possuem uma área onde a empresa poderá avaliar dados sobre suas publicações, como localização de seus seguidores, melhor horário para engajamento, faixa etária, enfim, muitas informações úteis para construir uma estratégia de marketing relevante para a sua rede social.

Compartilhe:
Inovação Marketing Mercado
Foto perfil Bruna Marques Escrito por Bruna Marques
23/07/2020
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

 

 

CONSULTORIA GRATUITA

Vamos definir juntos a melhor estratégia para o seu negócio. Agende um horário para falar com um de nossos especialistas!

Mangu Brand – Design de Identidade © Todos os direitos reservados.