Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

 

Sabemos que empreender não é uma tarefa fácil! Ainda mais se tratando de empreendedorismo digital.  

O crescimento desta modalidade de trabalho é gradativo, dia após dia e, por este motivo, na pauta de hoje preparamos um guia completo que te ajudará a começar esta importante trajetória. 

 
O que é empreendedorismo digital?  

 

Não é nenhuma novidade que negócios digitais têm dado muito retorno, não somente de vendas, mas também de engajamento com o público alvo. 

Uma das profissões mais expandidas no ano de 2019 foi a de influenciador digital. 

Com base nesta afirmação, explicamos que empreendedorismo digital é um nicho de negócio onde o empreendedor atua no mercado virtual, ou seja, ele trabalha na internet.  

Para que um empreendedor seja considerado digital, ele precisa fazer com que aquilo que ele oferece, proporcione soluções lucrativas para ele, e para o consumidor, que suas transações de compra sejam sempre no meio virtual.  

A grande sacada deste trabalho, por assim dizer, é a realização profissional e pessoal que se pode conquistar, como independência financeira, definir seus horários e estratégias, pôr em prática suas ideias, entre outros que iremos destrinchar mais abaixo. 

 

Quero empreender na internet! Por onde começar? 

 

De acordo com a pesquisa do IBGE, atualmente o Brasil conta com 126 milhões de internautas, ou, 69,8% das pessoas acima de 10 anos. 

Este dado nos mostra a evolução da tecnologia e da internet no Brasil e, com ela, o aumento das profissões ligadas ao mercado digital. Logo, não basta ser mais um no mundo digital e vender um produto ou serviço que já esteja presente na internet. A inovação aqui, supera as expectativas. 

 

Por este motivo, separamos cinco dicas essenciais para você utilizar no começo da sua aventura. Acompanhe: 

1. Defina o seu tipo de negócio 

Pelo senso comum, é normal acharmos que empreender na internet é somente ter lojas virtuais. Mas isto está longe de ser verdade… 

Digamos que somos profissionais de design de forma autônoma ou freelancer. Para compartilhar nossos trabalhos e adquirir mais clientes usamos, inicialmente, nossas redes sociais. Porém, nada nos impede de criarmos um site nos próximos meses… 

O site em si não se tratará de uma loja virtual, uma vez que nele não conterá artifícios de venda online. Mas sim será um portfólio online de nossos serviços. Isso fará com que empresários e contratantes no geral vejam o que conseguimos fazer e dependendo do nosso marketing, o interesse em nos contatar ficará evidente.  

Esta primeira etapa é importante, pois definirá o seu negócio. O ideal é analisar o que mais se adequa a sua rotina e necessidades do mercado. 

2. Faça uma análise sobre o seu nicho 

Agora que você definiu o tipo do seu negócio, é extremamente importante de que analise o seu nicho.  

Seguindo o exemplo mencionado acima, escolhemos nossas redes sociais para compartilhamento do nosso trabalho. Como estão as publicações de nossos concorrentes nesta plataforma? O que podemos fazer para melhorar? Como o mercado que eu atuo está se adaptando com indicações e negócios realizados via redes sociais? 

O importante aqui é que a imaginação flua e que você possa racionalizar todas as percepções que tiver do mercado. 

3. Crie o seu plano de negócio 

Já foi compartilhado aqui em nosso blog a importância de um planejamento de marketing para tomada de decisão. Ele permite que estratégias possam ser viabilizadas e posteriormente, colocadas em ação a fim de atingir um objetivo específico. 

O plano de negócio precisa ser realista. Mesmo que você pense grande, é importante que esta análise seja elaboradora de modo que o planejado saia do papel. As metas precisam ser tangíveis, com base no mercado em que você estará inserido.  

4. Tenha uma noção de marketing digital 

Ao se tornar empreendedor digital um dos requisitos principais é ter noção sobre o que é marketing digital, como aplicá-lo, como mensurá-lo, etc…  

No ato de divulgar o seu produto ou serviço para o mercado você precisará saber quais canais de divulgação utilizar, qual a linguagem, que público alcançar e como fazer isso, etc… são diversas questões que precisarão estar contidas dentro do seu planejamento de marketing.  

 

Quais são os benefícios em ser empreendedor digital?  

 

A internet nos traz conveniência e agilidade quando estamos em busca de algo, não é mesmo? E além do mais, as pessoas precisam de informação. Por que não levar até elas? 

Para frisar o parágrafo acima, listaremos abaixo alguns dos inúmeros benefícios do empreendedorismo digital: 

  • As barreiras geográficas não existem 

Acreditamos que esta seja uma das principais vantagens dentro do empreendedorismo digital. Não há barreira ao tentar alcançar o seu público-alvo e comunicar-se com ele.  

  • Investimentos e custo operacional reduzido 

Por se tratar de um negócio online, ele dependerá apenas da sua dedicação, da sua casa e de uma internet rápida para acompanhar a sua rotina de trabalho. Ou seja, seu custo operacional será reduzido uma vez que, de início, quem constrói cada tijolo da empresa é você. E para tanto, não precisa ter gastos muito elevados de imediato. 

Tanto para instalações, quanto para campanhas, o valor investido neste primeiro momento é baixo ou, em alguns casos, nulo. 

  • Disponibilidade 24 horas 

Uma super vantagem da web é manter o seu negócio funcionando 24 horas por dia, sem fechar! Seja visitando seu site, olhando as atualizações da sua rede social, enfim…  

Por mais que sua empresa tenha um horário de funcionamento, o sistema da sua loja virtual continuará vendendo sem grandes esforços. Da mesma forma que seu conteúdo poderá ser acessado a qualquer hora e em qualquer lugar. Mágico, né?  

  • Flexibilidade na gestão 

Já se sentiu frustrado por ter uma grande ideia, mas a mesma ser vetada pelos seus superiores? Pois bem, sendo empreendedor da própria empresa é o mesmo que aceitar riscos, tomar decisões e ser, sempre, imaginativo quanto ao negócio. 

 

Quais são os tipos de empreendedores digitais? 

 

É importante destacar que, neste nicho de negócio, não há rótulos, nem limites para suas ocupações. Sendo assim, acompanhe conosco os três mais comuns tipos de empreendedores digitais, abaixo: 

  1. Comércio eletrônico: este item está em primeiro lugar e não é por acaso. Os comércios eletrônicos representam o mercado mais consolidado na internet, com 675 mil lojas online somente no Brasil. 
  2. Freelancer: redatores, designers, desenvolvedores… profissionais cujo objetivo é terem seu próprio negócio, trabalhando de casa ou de um escritório coworking 
  3. Influenciador digital: são aqueles famosos da internet que vivem compartilhando produtos e serviços em prol de uma campanha a qual foram contratados. 

 

Quais são os maiores desafios em ser empreendedor digital? 

 

Assim como todas as profissões do mercado, para o empreendedor digital não é diferente: haverá situações em que o empreendedor se deparará com obstáculos a serem superados em prol de chegar em determinado ponto da caminhada. 

Para te ajudar a driblar estes grandes desafios, listamos abaixo algumas situações que, durante o processo de trabalho, o empreendedor poderá ter que lidar. Veja: 

  1. Colocar a mão na massa, afinal, os clientes não cairão do céu. 
  2. Ter grandes responsabilidades, pois além do negócio ser online, a administração de uma empresa não é algo fácil de se lidar. 
  3. Desvalorizar o seu valor por medo da opinião de clientes, jamais. Não tenha medo de perder um negócio por preço, pois não é só isso que o cliente avalia quando realiza uma compra. 
  4. Não saber a hora de vender, você pode ser intrusivo e fazer com que o cliente desista de adquirir o seu produto. 
  5. Não conhecer o seu público. Sem saber para quem oferecer, fica extremamente difícil de saber o que será vendido. Lembre-se, produto e serviço é tudo aquilo que, a partir da necessidade do cliente, foi desenvolvido para supri-la.  

 

Como alcançar o sucesso no empreendedorismo digital?  

 

Já dizia o economista e empresário Jorge Paulo Lemann, “Sonhar grande ou sonhar pequeno vai te dar o mesmo trabalho”. E não é que ele tem razão? 

Após terem ciência do desafio que vem pela frente, é importante visualizar o sucesso desta empreitada e como alcançá-lo de maneira assertiva. Para isso, é preciso tomar algumas atitudes, nós diríamos que… fáceis, mas que irão requerer muita disciplina. Vamos dar uma olhada a seguir? 

  1. Responda o lead rapidamente! A venda pode ser conquistada na agilidade do atendimento. 
  2. Não trabalhe em excesso… se dê ao luxo de descansar e se preparar da melhor maneira para o seu cliente! 
  3. Faça com que o consumidor te conheça. Isso pode gerar afinidade e fidelidade do cliente para com sua empresa. 
  4. Aprenda a negociar. Nem todo cliente está pechinchando corretamente e nem sempre você cobrará pelo preço justo. Tenha a visão no ato da negociação. 
  5. Invista em conteúdo de valor, afinal, o consumidor chamado de 360 está interessado em conteúdos ricos que traga para sua vida alguma novidade da qual ainda ele não sabe. 

 

Quais são as características de um empreendedor digital? 

 

Agora que você já sabe o que é empreendedorismo digital, como aplicá-lo e algumas curiosidades, que tal saber sobre as características mais aguçadas em um profissional da internet?  

Aproveite e faça um checklist da sua personalidade! Será que você já está pronto para ser um empreendedor? Fique ligado: 

  1. Visionário 
  2. Comunicador 
  3. Motivado 
  4. Experiente em situações adversas 
  5. Oportunista 
  6. Explorador 
  7. Adaptável 

ai, pronto para ser um empreendedor digital? 

Compartilhe:
Mercado Tecnologia
Foto perfil Bruna Marques Escrito por Bruna Marques
01/04/2020
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

 

 

CONSULTORIA GRATUITA

Vamos definir juntos a melhor estratégia para o seu negócio. Agende um horário para falar com um de nossos especialistas!

Mangu Brand – Design de Identidade © Todos os direitos reservados.