Logotipo ou logomarca? Qual dos dois termos é correto usar? - Mangu Brand
 
 

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

 

Antes de mais nada, “logos” vem do grego e sua tradução é “significado”. Portanto, se referindo a uma marca como logotipo ou logomarca, ambas situações podem ser compreendidas. Porém, isto não significa que as duas atribuições são consideradas corretas.  

Acontece que “marca” também vem do grego e sua tradução também é “significado”. Logo, entende-se que se falarmos logotipo ou logomarca, estamos duplamente corretos, mas não é bem assim. 

O intuito do nosso artigo de hoje é diferenciar estes dois termos e te fazer entender qual maneira é a correta ao se referir a marca de uma empresa ou de um produto/serviço, de acordo com a perspectiva do design. 

Vamos lá? 

 

Afinal, logotipo ou logomarca? 

 

Há quem diga que são a mesma coisa mas na realidade não são. E te explicaremos o porquê. 

Um logotipo trata-se do arranjo visual do qual empresas são prontamente reconhecidas pelos clientes, como a marca.  

Sendo assim, imaginemos a marca Apple. O nome da marca, em letras (palavra) é APPLE, mas o seu logotipo, do qual a faz ser identificada pelas pessoas é uma maçã. Outro exemplo bem simples de fazermos a diferenciação dos dois elementos: o fast food McDonald’sMcDonald’s é sua marca, mas seu logotipo é o famoso símbolo do M gigante, acompanhado do nome da marca.  

Confira nas imagens ilustrativas abaixo: 

Logotipo

Símbolo

Entretanto, não é obrigatório que uma marca tenha os dois elementos, por exemplo.  

Neste post a seguir falamos um pouco sobre a identidade visual da Coca-Cola, além do logotipo… confira: Você sabe a diferença entre identidade visual, marca e branding?  

logomarca, por sua vez, é um termo incorreto e redundante. Mesmo que seja muito comum falar logomarca ao se referir a uma marca, esta palavra não faz sentido. Para isso é preciso entender a etimologia da palavra, veja o significado a seguir: 

O termo é formado pela união de “logo” e “marca”. Conforme citado, “logo” vem do grego e significa conceito, significado. Já “marca” vem do germânico “marka” e traduz-se como significado. Assim, a palavra logomarca seria um termo redundante: significado do significado. Logo, não faz sentido algum usá-la como identificação de algo. 

Se ainda assim os termos parecerem a mesma coisa para você, atente-se a explicação, mais direta, abaixo: 

O nosso objetivo é trazer temas que geram dúvida no mundo do design, mas de uma maneira leve e compreensível para que a explicação não gere ainda mais questionamentos.  

 

Qual a importância de se ter um logo? 

 

Sabemos que no mundo corporativo são considerados vários detalhes sobre uma empresa para torná-la um sucesso de mercado. Dentre esses detalhes temos a parte visual, que diríamos ser uma das mais importantes etapas na criação de uma marca, um serviço ou um produto.  

É importante deixar claro que tanto a marca, o logotipo e a identidade visual são ferramentas que auxiliam na assimilação de um produto/serviço para o seu público-alvo. Sendo assim, a construção de todos estes elementos contribui para uma relação de visibilidade e confiança com os consumidores. 

É necessário que saiba trabalhar todas as possibilidades que o design tem a oferecer para garantir que haja uma identificação visual da empresa com o cliente. E isto trará muitos benefícios. Confira alguns abaixo: 

1. Credibilidade 

Quando buscamos profissionais para tomar conta do marketing da nossa empresa, o valor que isso agrega à empresa e ao produto/serviço é logo percebido pelo público. Isso gera credibilidade uma vez que o consumidor reconhece que a empresa está se dedicando em levar algo que não seja somente uma venda, mas que agregue valor ao seu produto/serviço, que faça diferença na vida do cliente. Esse é um dos mais importantes pontos na hora de se avaliar como sua empresa quer ser vista pelo mercado. 

2. Memorização do público 

Uma marca bem posicionada gera engajamento na mente do consumidor. Aqui neste artigo nós utilizamos uma marca muito reconhecida através de um símbolo para te mostrar o poder que ela desenvolveu com suas estratégias de marketing e comunicação através de seu logo. A Apple é reconhecida mundialmente apenas com a imagem de uma maçã, que se tornou sua marca registrada. Isto porquê se posicionou desta forma, fazendo com que a memorização de sua marca fosse eficiente e inesquecível. 

3. Diferenciação no mercado 

Outra questão de grande importância é o destaque que sua marca conquista frente a concorrência. Quando uma empresa investe em uma marca que traduza o espírito do seu negócio e do que ele tem a oferecer, isso garante que ele seja melhor avaliado perante seus concorrentes. Por essa razão, ter uma marca de confiança pode sim, ser um diferencial de mercado. 

Para saber mais sobre o assunto, não deixe de dar uma olhada em nosso blog. Lá temos muitas outras dicas que irão te auxiliar nas tomadas de decisões da área criativa de sua empresa. Clique aqui e acesse. 

 

Conclusão 

 

Afinal, é ou não é correto utilizar os termos logotipo e logomarca e atribuí-las o mesmo significado 

Não é correto, né? O termo “logomarca” está incorreto.  

Esperamos que tenha gostado, por hoje é só! Abraços e até o próximo artigo. 

Compartilhe:
Branding Design
Foto perfil Bruna Marques Escrito por Bruna Marques
25/09/2020
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

 

 

CONSULTORIA GRATUITA

Vamos definir juntos a melhor estratégia para o seu negócio. Agende um horário para falar com um de nossos especialistas!

Mangu Brand – Design de Identidade © Todos os direitos reservados.