O que é UI e UX Design? Qual é a diferença entre eles?

O que é UI e UX Design? Qual é a diferença entre eles?

Já abordamos aqui no blog a questão da experiência do usuário, mas o assunto é muito bacana e muito extenso para ficar apenas em uma única citação. Sendo assim, te convidamos a acompanhar conosco nesta pauta o que significa UI e UX Design e quais são as diferenças entre as duas modalidades.

 

 

O que significa a sigla UI Design?

 

Conhecida como Design de Interface do Usuário, a UI nos mostra de qual a maneira o usuário deverá interagir, seja em um dispositivo, aplicativo, site, software… traduzindo: para acessar uma tela importante do aplicativo, o usuário apertará um botão, certo? Este botão está bem visível e destacado dos demais elementos do layout? O que faremos para tornar este acesso mais intuitivo para que o usuário se sinta atraído?

Sendo assim, o design de interface do usuário é o que fica visível dentro de um projeto e mais: é o contato entre usuário e interface do projeto, seja ele, conforme mencionado acima, um aplicativo, site, landing page, etc.

A UI, por sua vez, deve garantir que a parte visual do projeto seja de fácil uso pelo usuário, oferecendo uma boa interação que evite e minimize possíveis dificuldades de utilização.

E falando em usuário…

 

O que é UX Design?

 

User Experience Design é a experiência do usuário no uso de um sistema e/ou plataforma. Seria o famoso “como meu cliente se sente usando meu produto/serviço”.

Enquanto a UI projeta o sistema proporcionando que o usuário interaja da melhor maneira possível, a UX é a própria vivência do usuário sobre o que ele está utilizando. Trata-se da parte que pensa, exclusivamente, na relação entre usuário e produto e/ou serviço.

Antes de darmos continuidade na narrativa, eis uma situação que pode clarear, caso ainda tenha dúvidas sobre o que significa cada sigla:

Estou navegando em um site, quando me deparo com um botão bem convidativo me induzindo a apertá-lo (UI Design) para ser direcionado a algo que estou à procura. Mas no clique percebo que ele não me levou a lugar algum (UX Design), ou seja, um botão sem destino.

Perceberam a narrativa dos fatos? Fui seduzido por um botão que foi projetado para que eu clicasse, mas não foi tão bem projetado assim, pois não me levaria a lugar algum, logo, tive ali um momento com a interface do site, porém minha experiência como usuário foi frustrante ao não ser direcionado ao destino correto.

Talvez esta seja a maneira mais clara que você encontrará neste texto para entender o que é uma e o que é outra, para então entender a nuance das suas diferenças.

Do ponto de vista do profissional de design, eles entregam muito mais do que somente um ambiente bonito para se interagir. Há uma entrega de sentimentos e expectativas do usuário em cada produto.

 

Qual é, então, a diferença entre UI Design e UX Design?  

 

Costumamos encontrar muitos artigos que prometem nos dar a resposta para esta pergunta: qual a diferença entre UI e UX? Mas na realidade, as duas tem a mesma importância, pois ambas se completam para melhor garantir o bom funcionamento de um projeto.

A principal ‘diferença’, se assim podemos nomear, é o papel que cada uma exerce dentro de um todo. UI Design é a interação do usuário com a parte visual da interface e UX é como tais  interações trabalharão de forma efetiva correspondendo às expectativas desse usuário.

E semelhança, será que tem alguma?

A maior semelhança dessas siglas no design é o objetivo do todo: o usuário. Para melhor respondermos esta pergunta, temos uma imagem:

 

 

Como podem ver, tudo está interligado.

 

Como e por que unir UX e UI na concepção de um projeto?

 

Pegando o gancho da imagem acima, já visualizamos que dentro do projeto várias estratégias são tomadas com o objetivo de oferecer a melhor experiência para o usuário. Isto porque ele fará do seu produto e/ou serviço algo tangível para outros usuários em potencial.

Sendo assim, a UI sem a UX existe? Sim, mas não é eficaz! Uma complementa a outra e traz notoriedade na apresentação da interface.

As razões pelas quais você deve investir em ambas as técnicas de Design são inúmeras, mas listaremos quatro que julgamos mais importantes:

  1. Geração de valor para o público alvo: estude e entenda o perfil da persona para alcançar resultados mais promissores e assertivos;
  2. Retenha e encante os usuários: uma linguagem direcionada gera engajamento e maior tempo de uso por parte dos usuários;
  3. Aumento de conversões: caprichar no design das interfaces, assim como da experiência como um todo, é o que garante retorno sobre esse investimento;
  4. Fortalecimento da marca: empresas que focam na experiência completa dos clientes em seus canais digitais se destacam em relação aos concorrentes.

 

Conclusão

Entender o princípio básico da experiência do usuário versus interface de usuário é identificar que cada termo tem seu propósito, mas ambos trabalham melhor quando são aplicados juntos. 

Nos siga nas redes sociais!

Behance Behance Linkedin Linkedin Instagram Instagram

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Confira nossa Política de Privacidade.