Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

Vamos conversar sobre o seu projeto? SOLICITAR UM ORÇAMENTO

 

67% da população mundial usam algum tipo de aparelho de telefone celular, conforme informa o relatório Economia Móvel 2019, da GSMA, empresa que representa o interesse de operadoras e avalia o ecossistema móvel. Isto quer dizer que, mais da metade da população busca informações e se comunica através de uma tela que, diferentemente de anos passados, não é um computador.  

Diante desta informação fica a pergunta: seu site leva informação a todos, ou somente quem o acessa através de um computador?   

Ter um site responsivo é muito mais do que adaptar-se a uma tela, significa fazer parte do mercado, garantir mais usuários e atender a mudança no comportamento do consumidor atual. Pode parecer que não, mas todo detalhe, na internet, faz diferença na apresentação do seu produto/serviço. Acompanhe a explicação abaixo. 

 

 

O que é um site responsivo e porque tê-lo? 

 

Um site responsivo é aquele que o conteúdo se adequa ao formato da tela utilizada para acessá-lo. A visualização do site se adapta ao tamanho do dispositivo utilizado, fazendo com que todo o conteúdo do site fique disponível para o usuário acessar, assim como a visão total que temos quando o acessamos a partir de um computador ou notebook.  

Esta configuração existe por diversos motivos, mas o objetivo principal é fazer com que o usuário tenha uma experiência agradável e atrativa na hora de obter as informações da empresa da qual ele está buscando. 

 

 

Quando o site não é responsivo fica fácil de saber, ao acessá-lo, você precisará diminuir a tela, mexer e adaptar com o touch para então achar o que precisa. 

A configuração é distorcida e você não conseguirá ver todo o conteúdo do site de maneira simples e otimizada. 

Dentre os porquês de investir em um site que entregue uma melhor experiência para o usuário poderíamos dar inúmeros motivos, mas citaremos os principais, fora o que acabamos de mencionar, a dificuldade que o usuário encontra ao procurar aquilo que ele precisa e que sua empresa pode oferecer. Acompanhe: 

 

  • aumento de vendas é significativo uma vez que o cliente se sente atraído pelas informações do seu site. E se ele acessá-lo e o site lhe oferecer uma boa visualização de conteúdo, informação a um clique de alcance e outras infinitas possibilidades de conversão, isso fará com que ele passe de lead qualificado a comprador em potencial.  
  • Outro ponto importante é a taxa de rejeição de um site. Se ele não é responsivo e não oferece a informação ao usuário de forma clara e precisa, ele pode muito bem acessar e sair do site em segundos, fazendo com que a taxa de rejeição fique altíssima. Isso deixa seu site como mal avaliado, nos últimos lugares de pesquisas orgânicas do Google e o mais importante, não converte um lead interessado.  
  • A taxa de conversão de um site está diretamente ligada ao Google e a performance que seu site oferece. Com uma boa taxa de conversão, ou seja, se o usuário passar alguns longos minutos navegando pelo seu site, automaticamente o Google entende, somado a outros fatores de inteligência e entrega, que seu site está apto para ser visto na primeira página de pesquisas, pois oferece ao usuário aquilo que ele procura.  
  • Não podemos deixar de mencionar que o uso da internet por meio de smartphones tem crescido de maneira exorbitante. Um estudo realizado pelo órgão SPC Brasil em 2018, revelou que 74% dos brasileiros usam o smartphone no processo de compra na internet. Logo, podemos dizer que de 10 usuários da internet, 7 usam seus celulares para acessarem informações. 

 

Qual a diferença entre site responsivo e site mobile? 

 

O site mobile é desenvolvido apenas para adequar o tamanho do site visto da tela de um computador ou notebook, para um celular. O problema são as restrições, a empresa saberá de que celular acessaremos seu endereço virtual? Quantas marcas e tamanhos de smartphones temos hoje em dia? 

E dentro deste raciocínio poderíamos fazer diversas perguntas sendo que a resposta seria a mesma, inconclusiva. 

Ainda que, neste momento, os sites mobiles não façam mais sentido, no passado ele foi eficiente, afinal, tudo gira em torno de atualizações conforme novos usuários e consumidores vão surgindo com suas necessidades.  

E ainda, a diversidade de aparelhos que temos atualmente é vasta e requer uma maior e melhor atenção quanto a entrega das informações contidas em um site.  

Fato é que entre ter um site responsivo e ter um mobile, definitivamente, as empresas devem optar pelo site responsivo, que não somente se adequa a X smartphones, mas a qualquer dispositivo que o usuário use para acessar os seus sites. 

 

Como ter um site responsivo? 

 

O ideal é que se contrate um web-designer e apresente alguns pontos iniciais para o desenvolvimento deste endereço digital:  

  1. Verifique o tráfego atual do seu site, afinal, no término do projeto poderá avaliar como era a conversão do seu tráfego antes, e como é agora. Ou ainda, verificar qual é o dispositivo cujo usuários mais acessam o seu site. Esta é uma ótima maneira de mostrar resultado frente uma decisão de projeto ser tomada. 
  2. Pesquise outros sites, sobretudo, da concorrência, pois com a pesquisa você saberá identificar se o site é responsivo ou não, e ainda, poderá gerar insights do que você espera para o seu. Não saber o que espera do projeto é completamente comum quando não se conhece o cenário, por isso, pesquise e leve ideias. 
  3. Analise o seu próprio site e mostre ao profissional escolhido o que você espera que seu site transmita ao usuário. O relacionamento transparente com seu programador e web-designer facilitará muito o desenvolvimento do projeto, afinal, sua expectativa somada a expertise do profissional, poderá trazer uma experiência intuitiva ao cliente. 

 

Conclusão 

 

É correto afirmar que smartphones e suas futuras invenções tecnológicas não são mais uma novidade. Estamos sempre sendo surpreendidos por algo novo lançado, mas que na realidade, já esperávamos. Logo, sua empresa já sabe ou já faz ideia do que esperar das exigências do mercado. 

Adaptar-se e atualizar-se dentro da internet não é mais diferencial, é como um profissional que busca uma vaga achando que ter curso superior, hoje em dia, é algo incomum. E não é. As pessoas estão cada vez mais engajadas em aprender, em utilizar e conhecer sobre tecnologias e de que forma ela pode facilitar suas vidas. E com razão, afinal, tudo que está sendo criado e ainda será, é com base nas necessidades dos consumidores. E não somente isso, mas também qual será a experiência que ele terá. 

O texto que você acabou de ler traz exatamente esta reflexão, ele te diz o que é um site responsivo, cita as razões mais contundentes para que sua empresa tenha um site atualizado desta natureza e ainda te faz pensar sobre o que ainda virá pela frente… que tal se planejar? O mundo da tecnologia não para. 

Compartilhe:
Marketing Tecnologia
Foto perfil Bruna Marques Escrito por Bruna Marques
30/04/2020

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

 

 

CONSULTORIA GRATUITA

Vamos definir juntos a melhor estratégia para o seu negócio. Agende um horário para falar com um de nossos especialistas!

Mangu Brand – Design de Identidade © Todos os direitos reservados.